Setembro Amarelo - Suicido no Brasil - Biocentro Curitiba

Como alguém poderia imaginar que um mês poderia mudar tanto a vida de uma pessoa. O Setembro Amarelo foi criado para prevenir suicídio, iniciada em 2015. Uma iniciativa do Centro de Valorização da Vida (CVV), do Conselho Federal de Medicina (CFM) e da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP).

Mas, essa iniciativa vai além do poder mental e da nossa capacidade humana de entender, o quão as pessoas podem ser ajudadas a não ter uma vida destruída por sentimentos tristes e doenças da mente como a depressão, síndrome do pânico ou até mesmo levar ao suicídio.

O Setembro Amarelo realizado nesse especifico mês marca uma revolução no mundo da psiquiatria e psicologia brasileira, onde os profissionais são convocados a fazer exames e diagnosticar os males que a mente pode produzir se realmente não for tratada de maneira séria e com uma visão determinada para a solução de cada doença.

O Brasil é o país com maior prevalência de ansiedade no mundo: 9,3%. A depressão afeta 322 milhões de pessoas no mundo, segundo dados divulgados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em 2015.

Esses dados nos mostram o quanto é importante essa iniciativa, pois representa o quanto é importante o apoio aqueles que possuem essas enfermidades, e não tem recursos para tratar. O mês inteiro é dedicado ao diagnóstico e ao tratamento gratuitamente e disponível pelo SUS (Sistema Único de Saúde).

Dados divulgados pelo Ministério da Saúde mostram que o índice de suicídios cresceu entre 2011 e 2015 no Brasil. Segundo a pasta, esta é a quarta maior causa de mortes entre jovens de 15 e 29 anos.

A cada previsão feita ou dados constatados pelo Ministério da Saúde fica claro porque razão foi criado o Setembro Amarelo.

Setembro Amarelo – Combate às enfermidades mentais

Solidão pode levar à depressão e ao suicídio - Setembro Amarelo - BiocentroExiste uma fala corriqueira: “Só quem passa sabe o que é”. A verdadeira lição aprende é quem passou por uma depressão profunda ou uma tentativa de suicídio. Esses dados não podem ser ignorados. A vida de muitas pessoas estão em jogo. E, são aquelas pessoas que você menos espera é que está precisando de ajuda.

Não deixe de prestar ajuda ou dizer uma palavra de consolo a um amigo ou a qualquer pessoa estranha que você encontre no seu caminho. Acredite talvez você foi o único que percebeu o que ele estava sentindo.

Os motivos para que essas enfermidades mentais se alojam nas mentes das pessoas são inúmeras. Uma delas é a decepção amorosa, frustração no trabalho, vida conjugal insuportável dentre outras razões que levam a pessoa ao fundo do poço.

Mas, agora existe o Setembro Amarelo para ajudar as pessoas a se sentir melhor e ver verdadeiramente quem são e o quão são capazes de ser vitoriosos nessa vida.

A melhor forma de se reerguer é buscar um bom profissional e determinar metas e por mais que sejam difíceis tente cumpri-las. Jamais se entregue. Vá a luta.

Portanto, recrie um novo conceito de vida e viva de maneira simples e entenda como realmente as coisas funcionam. Realize seus sonhos e deseje estar no presente.

Como participar do Setembro Amarelo

A campanha mantém um site permanente com agenda e mais informações

https://www.campanhasetembroamarelo.com.br/

Nesse site você pode encontrar profissionais em diversos países que podem ajudar

Se tiver a necessidade de conversar com alguém ligue agora mesmo para o número 188 de qualquer cidade do Brasil.


Está em Curitiba? o Biocentro tem diversos Especialistas que podem ajudar com essa questão

Deixe um Comentário